Conhecimento – A base para o verdadeiro consolo

Allan Kardec, na Revista Espírita de 1862, diz que o Espiritismo tem milhares de respostas para a humanidade. O conhecimento é a base para o verdadeiro consolo porque ele esclarece. Ele é capaz de nos livrar de sofrimentos e nos dar esperança.

Dentre os frequentadores das casas espíritas, muitos querem a cura da matéria, mas poucos buscam a cura do espírito. Precisamos nos esforçar para compreender de forma clara as lições do plano espiritual e, assim, recebermos o consolo prometido.

Kardec conseguiu enxergar uma grande profundidade no fenômeno das mesas girantes, desenvolveu um intenso trabalho de investigação e, para manter seu patamar de seriedade, afastar os curiosos e auxiliar o estudo dos interessados, ele publicou o livro O que é Espiritismo?. Ele afirma que a doutrina dos espíritos é uma ciência que está ligada intimamente à fé raciocinada. “Não há fé inabalável senão aquela que pode encarar a razão face a face, em qualquer época da humanidade.Para termos uma fé inabalável é preciso que a alicercemos em conhecimentos suficientes para abalar as exigências de nosso pensar.

A fé é construída aos poucos, através dos conhecimentos práticos e teóricos adquiridos. “Se tiveres fé como um grão de mostarda, nada vos será impossível.” Jesus (Mt. 17:20). Na conquista da fé inabalável precisamos adquirir conhecimentos e, para tanto, a nossa vontade precisa ser firme.

Allan Kardec inicia o Livro dos Espíritos com a pergunta “Que é Deus?” porque se trata da essência, não da personificação. Conhecer Deus é o primeiro grande consolo que encontramos na doutrina espírita. O Espiritismo nos esclarece sobre as causas das nossas aflições e do fato de que elas, muitas vezes, são molas propulsoras para que saiamos da zona de conforto em busca do progresso.

Vinde a mim, todos vós que estais cansados e eu vos aliviarei”, frase de Jesus que deixa claro que nós somos os responsáveis pelos nossos atos e precisamos agir.

A única forma de seguirmos o ensinamento de Jesus “Amar a Deus e ao próximo como a si mesmo!” está escrita na pergunta 917 do Livro dos Espíritos: “Conhece-te a ti mesmo.” Conhecimento enseja mudança e “antecede a transformação moral, porque o conhecimento dará o roteiro seguro para a ação”, Allan Kardec.
Amor e sabedoria são as asas com que faremos nosso voo definitivo no rumo da perfeita comunhão com o Pai Celestial”, André Luiz no livro Nos Domínios da Mediunidade.

Vera Cecília Borges
Adaptação de palestra proferida em 03/04/2019
Reunião Pública da I. Beneficente “A Luz Divina”

Comentar

Print your seu lugar